19 de jul de 2010

5 Livros Curtos, Interessantes e Enriquecedores.

1. A Revolução dos Bichos (George Orwell)
Quem não teve esse livro na lista paradidática do colégio (provavelmente no Ensino Médio) que atire a primeira pedra. É quase regra um professor passar uma prova baseada nele. Mas como nós o pegamos por ser um "trabalho obrigatório" e "contando nota", não demos o valor devido à obra, que é muito boa. Tente ler a historia de novo, só que agora prestando atenção em tudo, principalmente na comparação genial que Orwell faz com os bichos e nós.



2. Hamlet (William Shakespeare)
Tá, esse não é bem um livro, por ser considerado uma peça, mas vá lá... Tio William só fez peças não? Então este entra aqui. Hamlet não é só interessante pelo seu conteúdo dramático e a história marcante do "ser ou não ser", mas também pelo vocabulário extenso e antigo, o que pode levar você a aprender várias coisas legais c'o ele (tipo isso que eu fiz agora).

3. O Pianista (Wladyslaw Szpilman)
Não, não é o filme! Existe um livro por trás dele, biográfico, escrito pelo cara que passou por tudo o que nos é mostrado na pele de Adrien Brody. Por ser uma história oriunda da Segunda Guerra Mundial, contêm alguns trechos bem marcantes e tristes, mas acho que todos nós podemos lidar razoavelmente bem com isso (digo razoavelmente porque chorei lendo esse livro).



4. A Metamorfose (Franz Kafka)
"Quando Gregor Samsa despertou, certa manhã, de um sonho agitado viu que se transformara, durante o sono, numa espécie monstruosa de inseto."
Com esse prelúdio, será que realmente eu preciso de mais argumentação pra te convencer em mergulhar na loucura existencialista e crítica de Kafka?!

5. A Arte da Guerra (Sun Tzu)
E relutei em ler este, achando que se tratava de uma coisa monótona e muito detalhista, mas agora vejo que é uma pura filosofia não só para combates, mas para a vida em si. E olha que nem de auto-ajuda ele é. Só pra vocês terem noção, empresas multinacionais o utilizam como manual em várias ocasiões. Contêm a famosa frase: "O verdadeiro objetivo da guerra é a paz."




*O resumo bibliográfico contido na Wikipedia para este livro só está disponível, infelizmente, em inglês.

4 comentários:

Marina L. disse...

Eu tenho a Arte da Guerra numa prateleira juntando pó,acho que agora que li sua critica criei coragem para ler.

Daninha disse...

Pra falar a verdade de todos os cinco, só tenho vontade de ler o pianista .-.
beijos

Anônimo disse...

A Arte da Guerra realmente é um excelente leitura.

Ahh... Line. fuego. disse...

livro 01 e 04...

Uma boa pedida!