1 de fev de 2010

A vida do brasileiro é assim mesmo, filho.

Foi isso que eu ouvi de uma mãe dentro de um ônibus lotado num calor dos infernos. Não foi acompanhado de "um dia pode mudar, se você quiser" ou "quase todo brasileiro, quer dizer", foi claro e repugnante: A vida do brasileiro é assim mesmo, filho.Vida de brasileiro é tomar tapa e cara, murro na nuca e achar que tá tudo certo, né? É se conformar com sua vida, continuar pegando suas lotações todo dia pra ganhar um salário mínimo, é se contentar em ler só os livros que a escola pediu e pronto. Não minha cara senhora, nem toda vida de brasileiro tem que ter a vida assim, não se ele não quiser; Nós temos exemplos todos os dias de pessoas que venceram na vida pra que? Pra a senhora ignorar e acabar com a ambição do seu filho? Seria esse um defeito tão grave? Com a [ambição] vem a vontade de se informar, estudar, vencer na vida e ainda bater no peito gritando "ESSA é a vida do brasileiro". Depois quando me perguntam por quê eu tenho tanta vergonha do povo que me rodeia e eu falo que tenho sim, ficam de cara feia e me chamam de anti-patriota. Desculpa, mas o Brasil em que eu vivo não tem pessoas me minando de oportunidades e tentando me conformar dizendo que 'assim é... porque é'.


Ah, Gabriel, ainda bem que você me entende:


6 comentários:

Laís disse...

É isso mesmo! Se não quisermos mudar a nossa própria situação claro que ela nunca mudará!!!
Você está apoiada!!

http://oultimoprimeiro.blogspot.com

' taís simplício ; disse...

Concordo plenamente, não acho sua atitude anti-patriota, vc está mais do que certa, não temos que nos conformar com aquilo que nos incomoda.

Paulinha Napolião disse...

Me identifiquei muito com o seu texto, às vezes tenho essa mesma sensação.
Sensação de que nasci na época errada, no país errado, onde as pessoas apensa se conformam e não fazem nada pra mudar isso tudo.
Acho que essas atitudes vêm de casa, da educação que recebemos e de nossa iniciativa pra mudar algo.
ótimo post e a música caiu como uma luva. beijos

Primícia Wanessa. disse...

amor, adorei o seu blog... to te seguindo!
me segue tb? http://neuropink.blogspot.com/

beijos :*

Tiêgo disse...

Arrasou, Juh *-* Amei o texto!

E o lay, ficou mara *--*

Letícia disse...

Concordo. Podemos mudar o que quisermos :) Dizer que é assim mesmo, que temos de aceitar é fraqueza.