16 de nov de 2009

Semanário de Cinema.

O Desinformante [The Informant] 4/5 de 5

Um executivo em rápida ascensão na gigante empresa da agroindústria ADM, Mark Whitacrede repente se torna um informante do governo. Mesmo delatando ao FBI a conspiração para formação de cartel por parte da multinacional onde trabalha, Whitacre acredita que será transformado em herói da população e promovido.
Nota da Julie: Matt Damon precisa ganhar o Oscar por esse. A única coisa ruim é o enredo complicado, já que ele se passa junto com a cabeça de Mark, que vai inventando mentiras o filme todo.



Vigaristas [The Brothers Bloom] 5 de 5


Dois irmãos vigaristas vivem dando golpes em milionárias solitárias. Ao conhecerem uma linda jovem excêntrica e herdeira de uma grande fortuna, eles decidem que darão um ultimo golpe.
Nota da Julie: O filme mais fofo do ano. Junto com risadas, espere lágrimas, manifestações de 'ownn' e finais inesperados. Personagens bem montados, atores maravilhosos... Enfim, o tipo de filme que você quer ver umas mil vezes.



Matadores de Vampiras Lésbicas [Lesbian Vampire Killers] 2/5 de 5

Fletch perdeu o emprego e Jimmy a namorada. Com as férias chegando e sem planos de aonde ir a dupla decide passar um final de semana no campo tomando cerveja e respirando ar puro. Porém, nada acontece como planejado. Depois de muitas confusões a dupla se vê presa num vilarejo onde as mulheres são vítimas da lendária maldição das Vampiras Lésbicas.
Nota da Julie: Totalmente perdido. Só não reclamo meus oito de cinquenta de volta porque admito que dei boas risadas com a espada com cabo de pinto.

500 Dias Com Ela [500 Days of Summer] 5 de 5

Tom é um azarado escritor de cartões comemorativos e românticos deprimido, após levar um fora da namorada Summer. Desde então ele relembra vários momentos dos 500 dias que passou junto à namorada e tenta entender o que deu errado. Suas reflexões o levam a redescobrir suas verdadeiras paixões na vida.
Nota da Julie: Esse merece um Oscar, com certeza. Mesmo sendo um filme romântico, consegue estragar com todos os clichês... É simplesmente impossível não gostar dos personagens e do modo de narração.

Um comentário:

isabella M. disse...

estou doiiida para ver 500 dias com ela ! mas os matadores de vampiras lésbicas..deve ser estupidamente hilário ! UHASUHAUSHAHSAUHS.