2 de jun de 2009

Selvagem sim senhora.

Sábado de sol e passeio escolar. Tá aí a receita pra 9 entre 10 king kongs acontecidos com as pessoas e eu não me excluo, aliás, me coloco em uma posição generosa, já que na minha ida no último ano, foram vergonhas atras de mim como cães atras de ossos. O desenrolar do dia estava indo bem para uma pessoa - vulgo eu - que consegue cair tropeçando nos pés e é marcada pela natureza em jogos de handball, até que minha melhor amiga sugeriu um passeio no brinquedo chamado Rio Selvagem. O caso é que, 5 minutos depois de ficar sentada em uma boia flutuando, todo mundo percebia que de selvagem o brinquedo só tinha o nome, e nós resolvemos remar à toda força pra fazer daquilo uma experiência legal. Não contávamos que bem no meio do brinquedo havia uma piscina para as pessoas descansarem e no estreito para essa piscina havia um idoso navegando tranquilamente em sua boia. A ultima coisa que lembro de ter visto foi o pobre velhinho de pernas pro ar enquanto várias pessoas tentavam ajudá-lo a emergir de novo. Como se não bastasse, eu percebi tarde demais que tinha perdido a parte de cima do meu biquíni. Resultado: Julianna enrolada numa toalha, com a cara mais vermelha do que papai noel em véspera de natal sentada no banquinho esperando a tarde de micão passar.


- E claro, sendo muito zoada.

2 comentários:

cla. disse...

mas e o velhinho ficou bom ?

Joanna L!s disse...

Detesto passeio escolar... Eles parecem imãs para mico.

Ah, e volta a twittar! Estou te seguindo!