30 de abr de 2009

O Dia em que a Internet Caiu e eu Assisti a Maia.

Rotina da manhã: acordo, escovo meus dentes e de pijama mesmo coloco o PC pra iniciar enquanto arrumo a bela juba que fica meu pixaco. Então, caio em uma mensagem irritante avisando que blablabla - ninguém com sono consegue raciocinar direito ¬¬ - e o prognóstico do meu namorado é "tá ferrado, vai ter que ir pro técnico". OMG... não! Vida sem virtualidade pra mim é como vida sem religião pro Papa mas tudo bem, em vez de me desesperar, bater a cabeça em todas as paredes e arrancar os dedinhos um por um eu me contentei em passar 2 semanas em um tipo de 'retiro virtual', onde fiquei apenas ouvindo meu mp3, lendo todos os livros que às vezes adiava por conta de tarefas internéticas e sim, assistindo tv... eu admito! não resisti e me joguei na novela das 8... Pra não entender quase nada das explicações mirabolantes de minha fofa e paciente avó, cujas conversas se passavam mais ou menos assim:
- então vó, essa daí tá grávida do indiano né?!
- isso, ela e ele acha que a Maia tambem...
- mas a maia não tá gravida dele? - cara de espanto total -
- não filha, ela engravidou o Marcio Garcia antes de ele fugir pros Estados Unidos.
- então, quando o filho nascer, o indiano não vai ser burro e perceber que a conta tá errada né? e essa outra aí, ela pode processar ele por abandono né? quer dizer, o cara fugiu e deixou a guria emprenhada...
*minha avó faz cara de hã*
- bem filha, eu li na revista da TV que ela vai trocar o bebê...
Ou seja, as coisas estão piores do que eu imaginava. A pessoa além de engravidar uma criatura em um país, fugir pra India - onde aparentemente só se dança e se purifica - ele foi corno da personagem principal que deu o golpe da barriga, pois já havia transado com o mocinho, que nem sequer deu as caras no capítulo. Boa, TV! Assim com certeza vamos diminuir a promiscuidade e a imagem relacionada a um meio que poderia ser usado para educação continua sendo bundas, peitos, pintos e adultério... As únicas que saem no lucro, na minha opinião, são as senhoras de mais de 60 anos, que como minha avó, se divirtem com as confusões que esses autores de meia tijela escrevem.


prefiro assistir glub glub... ¬¬

Um comentário:

may disse...

HIOASDHIOASDHIOADSIOHHIOADS, riii demais com o seu post! Eu tambem sou super viciada na internet e quando ela falha, eu viro uma simples mortal e vo assisti TV... e vejo as porcarias que se passam :x
hioaishdohioads, BEEIJO ;*