3 de ago de 2008

Toda essa Imensidade de 10 Metros.

O que os monges tibetanos e nove entre dez meninas têm em comum? Eu lhes digo: Querem indepência. A sensação de sair para a noite e voltar quase na hora do café, descalça e cantarolando uma música favorita; o gostinho de poder ter um lugar pra chamar só de seu, and all that jazz. Você lê sobre ela nas revistas, depoimentos de mulheres bem-sucedidas vivendo em seus próprios lofts ou garotas que fugiram de casa aos 12 anos e se tornaram grandes em alguma área mega cool. Você de repente olha ao seu redor, nos seus 10m² e pensa como seria legal viver a vida dessas pessoas e talvez até começe a planejar mentalmente uma fuga louca para as Bahamas. Mas o que você não sabe, é que como o tio do Homem Aranha disse antes de morrer: "Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades", e na minha opinião, não há poder maior do que não depender de ninguém além de si mesma. Você rói a unha e pensa em dar pra trás, mas o perfume da liberdade te hipnotiza. Talvez depois de fazer alguma bobagem tremendamente desnecessária, você vai perceber que o mais cômico e irônico é que, quanto mais solta você se sente, mais vontade você vai sentir de ter o colo aconchegante de sua mãe para poder ganhar um afago e assistir um filme bem melodramático no conforto de sua cama entre seus bichos de pelúcia.

[texto para o Tudo de Blog da CAPRICHO]

Nenhum comentário: