4 de mai de 2008

Mamãe me ensinou muito bem...

...Que não se atura desaforo dos outros, que eu sou a melhor pessoa do mundo, que eu sempre tenho que correr atrás do que eu quero, que minha estrala brilha alto lá no céu, que as lágrimas a gente só derrama por quem merece, que se responde quando se é acusado, que eu sou a pessoa mais linda, que todos nós somos especiais - alguns mais que os outros, que as pessoas tendem a ter inveja ao sucesso alheio, que não faz mal nenhum comprar um casaco de 300 reais se você vai usar depois, que não se deve maltratar os velhinhos, que ela gosta de anéis de ouro branco, que se eu der uma panela pra ela no dia das mães ela me trucida, que ela NUNCA vai me bater, que ela briga comigo por amor, que mesmo quando eu falto na revistaria eu tenho direito ao salário, que ninguém é igual, que o mundo tá cheio de recalcados, que ela me ama acima de tudo, que ela dá a vida por mim. Como eu vou ficar chateada com uma pessoa que tanto me faz rir e me dá tantos momentos de alegria? Impossível. Com a minha mãe, é só na hora. A gente troca farpas e volta a se falar depois de cinco minutos - uma não sabe viver sem a outra, isso é fato. E como brigar com essa figura maravilhosa que me defende das contas altas por conta de esteticistas, salões de beleza, massagem, roupas, acessórios, fotos e coisas pro quarto, quando meu pai se irrita e fica igual uma beringela (sic)?
E, claro, acima de tudo: Como eu vou destratar a pessoa que me carregou no seu ventre por 9 meses, e - mesmo com a ajuda de inúmeras pessoas - me criou pra ser essa pessoa maravilhosa que eu me tornei hoje em dia?!
Simplesmente impossível... Eu a amo demais!

-
MÃE, VOCÊ É A PESSOA MAIS LINDA DO MUNDO!
TE AMO DEMAIS! OBRIGADA POR ME FAZER ESSA PESSOA MAIS QUE PERFEITA!

Um comentário:

Jorge Leite disse...

Mães... a mães... Não são todas iguais, mas todas (ou pelo menos a maioria) faz qualquer coisa pelas crias....