4 de jul de 2007

De Qual Lado da Força?

Eu sou o Yin e o Yang quando o assunto é perdoar. Yang não consigue sentir raiva de ninguém por mais de 2 dias, perdoa erros que muita gente não passaria por cima, aceita amigos depois de brigas intermináveis, uma verdadeira fofa. Daí aparece Yin. Yin sente raiva à toa, destrói relacionamentos construídos há anos com uma simples atitude, faz bobagens incrivelmente estúpidas, não perdoa nem um errinho bobo, corta relações com as pessoas tão fácil como mamão com açúcar. Yang fica muito trsite com Yin, mas ela entende porque ela toma essas medidas. Certas pessoas merecem Yang, certas preferem dar de cara com Yin - coitadas, essas. Mesmo uma sendo tão diferente da outra, elas sabem que se completam e se encaixam direitinho num lugar muito especial, aliás, em uma pessoa, eu.

Texto para o TUDO DE BLOG da revista CAPRICHO - Tema: Perdoar

Nenhum comentário: