6 de dez de 2009

Quando eu Era Criança...

Eu tinha piscina em casa. Isso provavelmente já fala bastante sobre o que minha mãe sofreu com quedas, quase-afogamentos e perda total de objetos domésticos. Quer dizer, é só observar uma criança dentro de uma piscina - de preferência uma já acostumada: Ela salta, faz competição de fôlego, tenta afogar o priminho, planta bananeira, se finge de morto boiando, fura os colchões d'água por brincadeiras estúpidas e por aí vai. Eu não fui excessão e fiz todos os itens citados exaustivamente, inclusive 'afoguei' uma Barbie minha que falava - e a pobre nunca mais abriu a boca. Dois momentos marcantes, porém, eu posso destacar: Meu pai me ensinando a brincar de 'tsunami' - coisa que com certeza eu vou ensinar aos meus filhos: coloque suas bonecas na borda, venha correndo com as maos submersas e slapsh, todo mundo morre. [por isso eu já sabia o que era um tsunami com, sei lá, 7 anos] e a segunda, mais não mais importante, uma das rachaduras do meu dente da frente, o maior mesmo. Esse foi fruto de uma molequice minha, que pulei da janela e bati com a cara no fundo... Mas mesmo com uma parte dental perdida... Ai, que saudades da minha piscina. E dos meus 7 anos.

Nenhum comentário: