1 de out de 2009

Ser invisível, podia fazer parte.

Ai, quem me dera ter a capa do Harry Potter... Tá, eu não salvaria milhões nem ficaria de palhaçada fingindo que sou um fantasma e assustando o pessoal, mas poxa, eu ia dar uma olhada em tantas coisas que pra mim são "fechadas". Entraria nos tribunais e veria quantos deputados são faltosos e estão dormindo - tá, talvez aí eu faria um buuuh. Iria em uma reunião de amigos, só homens, pra tentar entender como eles pensam - juro que até hoje não sei, e eles falam que nós somos complicadas. Assitiria filmes de graça, iria a peças, museus, eventos, invadiria as casas dos ricaços, atrapalharia as pessoas que eu não gosto. É, talvez eu deveria ficar com a idéia de só ir na câmara dos tais deputados, porque com esse dom eu faria mais arruaça que político com dinheiro na cueca.

Nenhum comentário: