7 de out de 2009

Exame Não Entendido Moralmente

Eu não tive problemas no ano do meu ENEM, mas estou extemamente raivosa por este ano ser justamente o ano em que meu namorado presta o exame. São mais dias pra ele estudar, sem poder ficar ao meu lado por incopetência interna... mas como uma brasileira registrada, o que posso fazer? Sentar e chorar nada adianta então eu sigo a linha movin' on. Não é de se espantar que isso tenha acontecido, já que aqui até as eleições são fraudadas...Até agora não foram divulgados os ditos cujos que fizeram esta tremenda boçalidade e nem acho que serão, na hora de assumir todo mundo pratica o olhar de bambi e se jura santo. É revoltante saber que você se preparou, fez diversos simulados, ficou horas à mais no colégio, pra enfiarem do nada, assim: a prova vazou, vai ser só no dia que nós entendermos. Amargo, né? Bem-vindo a vida do estudante brasileiro, onde datas não tem muito valor e dinheiro faz diferença na hora de mexer uns pauzinhos pra participar das universidades mais influentes. Se um dia isso mudará eu não sei, mas sei que no mesmo dia em que, de manhã todos estavam se correndo de raiva, já na hora do almoço só eram fogos e pulos de alegria pelo Rio ter sido escolhido pra sede das Olímpiadas. É, José... É a vida.

2 comentários:

Sam disse...

Nem comento desse Enem maldito. A urucubaca deve ser minha, porque eu presto esse ano ¬¬

beijos, colega tudodebloguete o/

Sofia disse...

O seu título foi perfeito. E mesmo tendo detestado o acontecido, fico feliz por eu não ter que fazer ENEM tão cedo.
beijos,
Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)