20 de jan de 2009

Sobre James e Elton.

Então, ontem eu fui ao show do Elton John, onde o James Blunt abriu. Coisa pouca sabe. HAHA..
Mas deixem-me contar minhas peripécias para vocês. Mesmo chegando lá na Apoteose às 2 da tarde, e sendo Pista Premium, eu já peguei uma filinha chaaata, com direito a chuva pingando gotões que machucavam, um episódio em que um ambulante quase foi agredido pelos policiais - coisa vergonhosa - e quase teve um infarte, também, sol a pino na cabeça - e a dor hoje, tá óótema - e 1 hora de atraso pra abertura dos portões. Esse foi o Epílogo.
No ingresso estava escrito claramente 'todas as câmeras digitais serão destruídas se localizadas' e a idiota aqui deixou a dela em casa acreditando que isso realmente ia acontecer. Bem, eu passei minha meia entrada - que nem checaram se eu era estudante - vaguei um pouco pra frente, fui perguntada por um moço se tinha sido revistada e ao mentir sim, ele me liberou. Imaginem o ódio subindo na cara desta pessoa por não estar equipada propriamente nesta altura do campeonato... Aff. O que se seguiu foi uma correria histérica puxando a mão do povo, que ficou com muita vergonha de estar correndo btw, e conseguimos ficar na grade. Sim, sim, apenas uma grade, o cordão de isolamento de seguranças e alguns reporteres me separavam do palco. Isso foi foda, no mínimo. Daí era esperar até 20hrs, em pé, com sol no quengo e torcendo pra não dar vontade de ir ao baneiro, porque de jeito nenhum conseguiria voltar pra onde eu estava.
Nesse meio tempo, esqueci de contar sobre as pessoas que conheci. Um casal hiper cool de Brasília, a Fernanda e o Fábio, que nos acompanharam, pularam e conversaram conosco desde a fila do lado de fora (e vão passar fotos para nós), um pai e filho paulistas sortudos, que conseguiram grandes façanhas durante o espetáculo e um trio mineiro que me fez rir até quando colocava os bofes pra fora de tanto chorar. Esse foi o prelúdio do que está por vir.
James entrou 10 minutos atrasado, mas cada outro que se percorreu foi mágico. Nem preciso dizer que ele é lindo, alto, forte, loiro, cabelo cacheado, parece realmente um arcanjo. Eu só me dei conta de que era realmente o Blunt quando ele cantou Goodbye My lover. Amiga, daí eu desatei a chorar, tremer gritar, suplicar pra ele chegar mais perto, igual uma bebezona mesmo! E eu juro de pés juntos que ele apontou pra mim quando cantou o verso 'that's why i love you' e deu uma hiper canja enquanto cantava Same Mistake pro pessoal ali do borburinho, mas acho que principalmente pra mim, já que a cada 10 segundos eu berrava 'LINDOO' 'BEAUTIFUUUL' 'I LOVE YOOOU'. Só quem me viu lá conheceu esse meu lado manteiga, e se divertiu às custas disso.
Quando James saiu foi mais meia hora esperando preparar o show, com direito a apelido ao cameraman "Olha o Salsicha lá, lálálálálálááá!" e muitas bebidas dividas entre o pessoal - isso foi demais, como todo mundo se ajudou com relação à bebidas e comidas.
Então ele entra: a personificação de um showman: Elton John. Um arrepio gelado passou pela minha espinha e fiquei em tal transe de vê-lo tão perto, tocando piano e pedindo obrigada à todos nós, que nem cantar direito eu conseguia. Foi mágico, perfeito, como se eu estivesse em casa ouvindo no meu MP3. A não ser que eu estava lá e pude sentir cada momento, e demonstrar emoções que nem eu sabia que conseguia ter. Foi, sem dúvida, uma das melhores noites de minha vida.

ps. A parte mais hilariante com certeza foi o coro canino no 'auuuuuu', porque mesmo aos prantos, não segurei a risada.
ps² eu apareci na TVE, falando o que ia fazer depois do show - DORMIR! - e com certeza vocês poderão me ver nos cantinhos sabado, no Caldeirão do Huck.
ps³ as fotos eu prometo que coloco assim que sairem!

7 comentários:

Steeeh disse...

juro que fiquei arrepiada lendo o post, deve ter sido tãoo perfeitoo.. já tive a esperiencia de ficar na grade de um show e ver a vocalista da banda cantando parecendo que pra mim, é magico e sem explicação *-* adoreii o post que fez para o TDB ficou demaiis! e tudo bem eu também já fui emo HSAHASHSA e usei pulseirinhas com bolinhas do tamanho de um limão :P mas isso torna a gente uma pessoa melhor (Y) e adoraria meia xícara de chá :P Beijo

lorena n. disse...

gostei muito do teu texto, não tá cansativo, sério, tá ótimo! ele me fez ficar pregada na frente do note lendo, me surpreendeu, sou um tanto inquieta... adorei, beijos.

Roberta disse...

Tem que ser muito fã para encarar uma maratona como essa que você conta... rs
Gostaria de ter ido, mas moro tão longe da Apoteose =/

bjo

Arlequim disse...

Tem que ser muito fã para encarar uma maratona como essa que você conta... rs [2]
James e Elton são bacanas.

Srta. Crislane Andrade disse...

que coisa mais, mais, mais, mais delirante! (quase que não falo)

vou tentar te ver no cantinho sábado no Caldeirão rs.

Bjoks.
=*

Bela Way disse...

Minha mãe foi nesse show e falou que parecia magico.
Nossa amei o post!
Não consegui sair de frente do pc sem terminar de ler ele.
Parabéns novamente pelo talento!

xoxo B.


Passa lá no meu blog e dá uma comentadinha please!

www.tarde-das-delicias-extravagantes.blogspot.com

Jhé Cruz disse...

eu quero ver as fotinhos, eu quero, eu quero.